Encontre o pneu certo para sua moto

Blog Rinaldi

Team Rinaldi comemora conquistas de Bárbara Neves na temporada 2018

Bárbara Neves é destaque do Team Rinaldi
Bárbara Neves é destaque do Team RinaldiCréditos: Hemphotografia

Goiana somou quatro títulos, incluindo um Latino-Americano de Enduro FIM. Confira a entrevista completa!

Bárbara Neves, goiana de 18 anos, cinco dedicados ao motociclismo. Ela se vira no Enduro FIM, Enduro de Regularidade e Cross-Country. Apenas nesta temporada, conquistou quatro títulos, mas seu currículo conta com muitos outros. Na entrevista abaixo você fica por dentro da carreira da atleta, que chama a atenção por seu talento e beleza.

1 – Você conquistou quatro títulos nesta temporada, como avalia o ano?
2018 foi um ano produtivo, principalmente pela quantidade de corridas que participei em diferentes modalidades off road. O primeiro título foi o do Enduro da Independência, no qual fiz minha estreia, sendo a única mulher a completar o desafio. Eu havia machucado a mão em uma prova de Hard Enduro algumas semanas antes do desafio, e tive um certo desconforto, mas só depois fui em um especialista, que detectou uma lesão no quarto metacarpo da mão esquerda. Após a recuperação, conquistei o primeiro título internacional da minha carreira ao vencer as quatro etapas do Campeonato Latino-Americano de Enduro FIM, no Chile. Também teve o título Goiano de Cross-Country pela segunda vez invicta e o título Brasileiro de Cross-Country logo na estreia da categoria Feminina. O nacional foi marcante, pois foi um campeonato complicado, não consegui participar de uma das quatro etapas, por coincidir com o Enduro da Independência, cheguei na final 10 pontos atrás da líder e consegui tirar essa diferença.

2 – Ano passado você foi campeã brasileira de enduro, mas neste ano ficou com o vice. O que faltou para manter o título?
Foi por pouco. Tive uma disputa saudável com a companheira do Team Rinaldi e amiga, Maiara Basso, que ficou com o título nessa temporada. As pistas desse ano foram bastante diferentes das tradições do Enduro FIM, diminuíram as dificuldades técnicas, com traçados de alta velocidade e menos obstáculos. A quantidade de mulheres na modalidade também vem crescendo, isso é maravilhoso, pois fortalece a classe feminina.

3 – Qual modalidade você mais gosta e porquê? Pensa em tentar algo novo?
As sensações e emoções são diferentes em cada modalidade, gosto de todas, mas como aprendi a andar de moto em trilhas, tenho preferência por provas longas, com grau de dificuldade maior. Sim, sempre é bom encarar novos desafios, em 2019 pretendo correr o Mundial de Enduro, que terá uma única etapa para a categoria Feminina, provavelmente junto a final do Masculino, em setembro, na França.

4 - De onde tira energia para correr em tantos lugares diferentes?
A vontade de aperfeiçoar minha técnica cada vez mais é que me dá energia para os treinos de diferentes modalidades e lugares.

5 - Quais pneus Rinaldi você usou nesta temporada. Fale um pouco sobre cada um deles, qual é indicado para cada tipo de situação?
Usei os pneus SR 39 e HE 40 em competições mistas, eles garantiram excelente tração e segurança em todas as situações. Já nas provas com mais obstáculos, optei pelo SR HARD, por ser um pneu mais macio, garante uma melhor tração.

6 – Conte um pouco sobre sua parceria com a Rinaldi.
Minha parceria com a Rinaldi iniciou em 2017 e todos os títulos da minha carreira foram com pneus da marca. O que eu mais gosto é o respeito e consideração com os clientes e pilotos, sempre inovando e disponibilizando produtos de qualidade, que aumentam a segurança e desempenho para nós.

7 - Como é participar de um universo tão masculino? Você se sente insegura em algum momento?
Devido ao carinho e respeito que os pilotos e organização dos eventos têm com as pilotos femininas, me sinto segura parar participar de competições off road, pois somos sempre bem recebidas.

8 – Você é muito jovem, como concilia a vida de atleta com a pessoal?
Realmente é muito difícil conciliar estudo, família, amigos, treinos, competições... Mas pelo amor ao esporte, sempre damos um jeitinho. Esse ano cursei o terceiro ano do Ensino Médio, de segunda a sexta-feira ia para escola de manhã, de vez em quando também tinha aulas a tarde, mas quando sobrava um tempo aproveitava para treinar de moto. Ainda sou modelo e uma vez na semana tiro fotos para uma marca de roupas. Nos fins de semana vou para competições, treino com os amigos e também gosto de passear com a família, ir ao shopping, entre outras coisas.

9 – Quais os objetivos para o ano que vem?
Na vida pessoal, ingressar na faculdade de Marketing, estou no aguardo do resultado, que sai no dia 18 de janeiro. Em relação a campeonatos, irei disputar o Brasileiro, Latino-Americano e Mundial de Enduro FIM, além do Enduro da Independência, Ibitipoca e algumas etapas do Brasileiro de Hard Enduro. Espero me preparar melhor para as competições, não só com treinos de moto, mas também a parte física, e fazer uma temporada bastante focada, evitando lesões.

ID – Assessoria de Comunicação Estratégica
Jornalista Responsável: Daniela Burgonovo
Contato: 47 99949-1209 / daniburgonovo@gmail.com

outras notícias

carregar mais notícias
Rinaldi. É muito mais pneu. R. Luiz Alegretti 193, Bairro Licorsul | Bento Gonçalves/RS

+55 54 3455.7500



Contato | Trabalhe Conosco